Home / * PORTAL / SE LIGA NESSES LANÇAMENTOS! #FEIRADOLIVRODESANTAMARIA

SE LIGA NESSES LANÇAMENTOS! #FEIRADOLIVRODESANTAMARIA

A 46ª Feira do Livro de Santa Maria está acontecendo na Praça Saldanha Marinho, desde sexta, 26 até 11 de maio. e conta com mais de 250 escritores. A feira funcionará de domingo à sexta, das 13h às 20h30min e nos finais de semana e feriado, das 10h às 20h30min. Acompanhe a programação completa novidades no site ou na página do Facebook.

Confira alguns lançamentos nesta semana:

29 de abril – Segunda-feira

19h – LIVRO LIVRE – DOCUMENTÁRIO PASSO DO VERDE – TV OVO

O documentário sobre o distrito de Passo do Verde foi produzido pela TV OVO em 2018 e tem direção de Helena Moura e Alan Orlando. A produção faz parte do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade -LIC/SM, que visa contar histórias de lugares, pessoas e memórias de Santa Maria.

Os Direitos Humanos e o Constitucionalismo em Perspectiva

30/04 – TERÇA – 17H

Valéria Ribas do Nascimento – Pós–doutora em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS); Doutora em Direito pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS); Professora do Programa de Pós-Graduação em Direito, – Mestrado – da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM); Professora Adjunta do Depar- tamento de Direito da UFSM.

Jânia Maria Lopes Saldanha: Realizou Estágio Sênior nos anos de 2014-2015 (foi bolsista CAPES BEX
2417-14-6) no IHEJ – Institut des Hautes Études sur la Justice – Paris; Doutorado em Direito da UNISINOS – Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Professora do Programa de Pós-Graduação em Direito – mestrado – da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM); Professora do Departamento de Direito da UFSM; Professora convidada de tempo integral, após seleção pública, da Université Sorbonne-Nouvelle. Paris 3, da Catédra Simón Bolívar, do IHEAL.

ATENA BEAUVOIR

30/04 – TERÇA – 19H

Os conselheiros de Políticas Culturais de Santa Maria – Segmento da Diversidade Sexual e de gênero Marquita Quevedo e Luís Carlos Kunrath convidam a todos a participarem do Livro Livre com a presença da escritora, filosofa, educadora, poetisa e militante LGBTQI+ ATENA BEAUVOIR.

 

Lelé João-de-Barro: arquiteto de histórias

01/05 – QUARTA – 14H

Lelé João-de-Barro: arquiteto de histórias é o novo livro que leva o selo do Sobrado Centro Cultural, projeto de restauração do imóvel centenário que abriga a sede da TV OVO. O lançamento será dia 01/05 na 46ª Feira do Livro de Santa Maria, das 14h às 16h30, na Praça Saldanha Marinho. Os autores são os arquitetos Clarissa Pereira (Tita) e Daniel Pereyron, responsáveis pelo projeto arquitetônico do Sobrado, e a jornalista Neli Mombelli, integrante da TV OVO. Lelé é o personagem que conduz a história do livro infantil. Ele mora na Jasmin, uma linda árvore que fica ao lado do Sobrado. A obra busca interagir com as crianças que encontrarão nas suas páginas jogos, desenhos para colorir, origami, peças para recortar, procurando trabalhar o reconhecimento do patrimônio da cidade e também ensinando sobre o ecletismo, estilo arquitetônico do Sobrado. Tita, que também é professora universitária e mãe da Martina, defende que “somente o despertar da consciência do público infantil pode contribuir para a preservação da nossa história”. Foi com esse entendimento que Daniel, também professor universitário, atual presidente do Instituto do Planejamento de Santa Maria (Iplan) e pai do Theo e da Bibiana, também abraçou a proposta do livro ao questionar sobre qual legado se está deixando na cidade. “Como as crianças de hoje entenderão o que é patrimônio no futuro?”, propõe ele. Boa parte do material produzido para o livro foi a partir das plantas que integram o projeto de restauração do Sobrado, que neste momento está com a primeira fase em avaliação na Lei de Incentivo à Cultura do Estado (LIC/RS). Neli, que é professora universitária e trabalha com oficinas de audiovisual para adolescentes, vê no livro a potência para o fortalecimento dos laços de pertencimento dos santa-marienses com a paisagem urbana. “O livro é para os pequenos e para seus familiares também. É uma maneira lúdica de olhar ao redor, reconhecer a identidade de Santa Maria e preservar seu legado histórico e cultural”. E Tita complementa: “O livro também serve como resposta às transformações da imagem da cidade que estamos vivenciando nos últimos tempos. As construções de interesse histórico vêm sofrendo com o processo de verticalização do centro, que modifica e, por vezes, desconfigura parte da paisagem e da identidade de Santa Maria”. Para que o livro fosse possível, formou-se uma rede de parceiros que patrocinaram a sua diagramação e impressão. São eles: L’abac Empreendimentos, lineastudio arquiteturas , Eny Calçados, @AW Eventos, Zacon Zanini Construções, Simultânea Engenharia, MKümmel Arquitetura, CRIANÇANDO em SM, Q_Arts Arquitetura e Box Studio³ – Arquitetura & Consultoria, além do apoio da Multipress Indústria Gráfica e Editora Ltda ME Quem participar da sessão de autógrafos dia 01/05, receberá um chaveiro do Lelé. Além disso, Annelise Weber, colaboradora do livro, fará uma oficina de origami para as crianças já saírem com a dobradura do personagem principal em mãos. Ainda, serão sorteados 4 kits do livro, um total de 100 exemplares, para escolas públicas da cidade que participarem da feira. O livro estará disponível nas bancas da Cesma e da Athena Livraria pelo valor de R$ 15,00.

A TURMA DO CAFÉ LANÇA “BAIXADA MELANCOLICA” 

02/05 – QUINTA – 17h

Há 17 anos eles se reúnem todas quartas em cafés e bares de Santa Maria. Agora questionam: “Mas será que não há mesmo cidades e épocas que nos levam à tristeza e ao desânimo?” É partindo desta premissa que 8 autores de Santa Maria propõem narrar os espaços que compõem a cidade. Esta, encrustada onde termina o planalto, em direção ao bioma pampa. Fica nesta “boca”, neste rebordo, onde principia a Depressão Central, fato geográfico consumado. O leito urbano, propriamente dito, para quem conhece a conformação espacial e, principalmente, orográfica, sabe que o cemitério municipal se situa na área que declina em relação ao centro comercial e administrativo da cidade, ao oeste. É a “baixada”. O campo santo onde a melancolia é uma presença, paradoxalmente, viva e constante.
A atmosfera soturna, a melancolia, a incompletude da vida são os eventos que formam a teia que unem os contos do livro “Baixada Melancólica: contos da Depressão Central”, onde os autores (Candinho, Rangel, Francisco, Tex, Orlando, Raul, Lippold e Vitor) transitam sobre esta linha frágil, num equilíbrio delicado. Acrobatas do texto, criam situações em que a felicidade é objeto distante, e os desfechos nem sempre salvam ou oferecem redenção, mas cumprem um papel muito caro à literatura, oferecer um lugar privilegiado de reflexão sobre a vida.
Este será o décimo sétimo livro da Turma do Café. O lançamento e a sessão de autógrafos serão nesta próxima quinta-feira, dia 02 de maio, a partir das 17 horas. Todos lá.

User Rating: Be the first one !

Comenta aí... :)

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *