Home / #OPINIÃO / Melhor nem saber por RÊ SCHNEIDER

Melhor nem saber por RÊ SCHNEIDER

Chega a sexta-feira a noite, um dia exaustivo após o outro e você pensa sobre o que espera para a semana seguinte: outra semana exaustiva. Mas nada como um final de semana  de descanso para ter forças para continuar. Primeiro pensamento da noite: sair com os amigos para tomar uma cerveja. Segundo pensamento: vou aproveitar para dormir muito!!! Tem um cálculo do IBGE que mostra que uma pessoa que vive em média 71 anos dorme 23, ou seja, dormimos 1/3 da nossa vida! Mas esse dado não é o suficiente para afastar aquele pensamento de que no final de semana é bom demais poder dormir mais! Então sábado será pra dormir muito e a noite aproveitar pra namorar. Domingo chegando e já começa o pânico pré segunda-feira: almoço com a família, caminhada na praia, Fantástico na TV – a cada propaganda começam a passar vários filmes pela sua cabeça: política, tragédias, problemas do cotidiano, etc. E lá vem o maior problema de todos: a segunda-feira. Aquele sentimento que a semana será uma correria, não terei tempo pra nada, se quiser malhar, preciso acordar de madrugada. Toca o telefone, é um amigo ligando domingo as 21:15. Você atende e o amigo fala:

Oi, tudo bem? Que bom que consegui falar com você agora. To entrando numa reunião mas precisava falar com você rapidinho. Como anda o trabalho? (Você pensa: tá falando sério que você me liga domingo essa hora pra perguntar isso?) Resposta: Tranquilo, correria de sempre. Amigo: Aquela vez que você comentou comigo que gostaria de conhecer alguma coisa nova, ainda quer? (Você pensa: lá vem bomba) Resposta: É sempre bom, né. Amigo: Comecei num negócio novo sem os riscos tradicionais. Se eu te mandar um site que apresenta resumidamente a empresa, produtos e oportunidade, você veria? (Você pensa: esse cara sempre fez coisas boas, vale dar uma olhada) Resposta: Poxa, to sem tempo pra nada, mas me manda aí e vamos falando. Amigo: Quando você terá visto pra eu te ligar e marcarmos de conversar? (Você pensa: fala logo o que é, que coisa chata) Resposta: Na terça a tardinha me chama que te falo se já consegui ver. Amigo: Vai começar a reunião aqui, já estou mandando o site pelo WhatsApp. Bom domingo aí! (Você pensa: tá de sacanagem! Bom domingo que já está acabando pra quem? Tá maluco!)

Segunda-feira, 6 horas da manhã toca o despertador. 20 mensagens no WhatsApp, você abre e olha: grupo de sacanagem – 19 mensagens, amigo que ligou ontem – 1 mensagem. Vai para o banheiro e vê os 10 vídeos de sacanagem e lê as 9 mensagens e responde também. A mensagem do amigo vou deixar pra depois porque estou sem tempo. A caminho do trabalho é um ótimo momento pra dar aquela olhada básica no Facebook e já na chegada toca o WhatsApp, é alguém reclamando da política no grupo da família, mas ainda não deu tempo de ver a mensagem do teu amigo, então melhor nem abrir pra não aparecer como visualizada. Mais uma olhada no Facebook e aparece uma foto do teu amigo no domingo a noite num treinamento online com pessoas que você nunca viu, falando de oportunidade e todos com uma cara de felicidade, que chega a ser irritante para uma segunda-feira de manhã. Você pensa: esse cara só pode estar de brincadeira que trabalhou domingo de noite feliz! No trabalho você é chamado para uma reunião e teu chefe te pede pra participar da organização de um evento, mas devido a hierarquia você é avisado que teu nome não terá nenhum destaque por questões políticas. Vem aquela sensação de totalmente desvalorizado, desmotivado, sem graça, momento de forçar o sorriso amarelo e começar a cumprir as ordens. Você levanta pra pegar um café e tem mais um WhatsApp, tua mãe dizendo que marcou o aniversário das tuas sobrinhas, mas como será em outra cidade e a grana tá curta, não vai dar pra ver a família que está longe. Como não apareceu mais nada de mensagens, você abre o vídeo do amigo e começam a aparecer frases de busca no Google: como ganhar mais dinheiro? Como parecer mais jovem? Como ter mais liberdade? Eu quero uma vida melhor. Eu quero ser feliz. (Em seguida) Aparece uma mulher perguntando o que estou fazendo com a minha vida… falando de medos e do tempo. Você precisa voltar ao trabalho. Chega ao fim o dia de trabalho e na volta para casa: Facebook e lá está o teu amigo feliz de novo com várias pessoas irritantemente tão felizes quanto ele. Você pensa: nem vou terminar de ver esse vídeo agora que essa felicidade toda só pode ser fingimento. Ninguém pode ficar tão feliz assim trabalhando!

Renata Schneider Viaro

Gaúcha dreconhecimento_ReSchneidere 34 anos, natural de Santa Maria, chegou ao Rio de Janeiro, em maio de 2003. Formada em nutrição, mestre em saúde pública pela Fundação Oswaldo Cruz, doutora em políticas públicas, estratégias e desenvolvimento pelo Instituto de Economia da UFRJ, desde 2012 atua como analista em Ciência e Tecnologia na Fundacentro, instituição vinculada ao Ministério do Trabalho, responsável por pesquisas e disseminação de conhecimento na área de segurança e saúde do trabalho no Brasil. É também professora de administração aplicada à engenharia de segurança do trabalho e em outubro de 2015 foi homenageada em Coimbra – Portugal, recebendo o título de Assessora para assuntos acadêmicos da Academia Brasileira de Engenharia de Segurança do Trabalho. Palestrante reconhecida pela sua preocupação com a qualidade de vida no ambiente laboral atua ativamente como distribuidora independente da Jeunesse Global[1], desde que estudou a fundo o modelo de negócios que proporciona que as pessoas tenham a oportunidade de trabalhar com qualidade de vida e, especialmente, ganhando uma condição de saúde de excelência devido ao sistema de aprimoramento da juventude, linha de produtos de alta tecnologia voltados ao rejuvenescimento.  Em 01 de junho, tornou-se a mais nova Safira da empresa e ganhou um bônus promocional de avanço de título de R$ 18.000,00, com apenas 9 meses de trabalho.

[1] Jeunesse Global é uma empresa americana, munida de produtos exclusivos feitos nos Estados Unidos que possui um dos mais recompensadores planos de marketing do mercado. Cuja missão é: “A família Jeunesse cria um impacto positivo no mundo ao ajudar pessoas a aparentar e se sentir jovem, enquanto as empodera a liberar seu potencial.”, conforme pode ser acessado no site dos distribuidores independentes da empresa.

Chega a sexta-feira a noite, um dia exaustivo após o outro e você pensa sobre o que espera para a semana seguinte: outra semana exaustiva. Mas nada como um final de semana  de descanso para ter forças para continuar. Primeiro pensamento da noite: sair com os amigos para tomar uma…

User Rating: 5 ( 1 votes)

Comenta aí... :)

comentários

CLIQUE AQUI PARA IR A FAN PAGE DA REDE SINA

Check Also

Uma cena, um diálogo sobre assédio por MELINA GUTERRES

No começo de 2017 escrevi algumas cenas para gravar como material experimental de atriz, entre …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *