Home / #ACONTECE / #DEIMPROVISO: PEDRO RIBAS LANÇA SEU PRIMEIRO CD AUTORAL
CLIQUE E CURTA A FAN PAGE REDE SINA

#DEIMPROVISO: PEDRO RIBAS LANÇA SEU PRIMEIRO CD AUTORAL

Por Melina Guterres da Rede Sina

“Chora de rir quem tá feliz. Vim pra somar, com tribo ir”

É o que diz a música Com Tribo Ir que está no CD Ladainha Campeira, o primeiro autoral do músico Pedro Ribas de Santa Maria-RS, que faz show de lançamento hoje, às 20h30, no Theatro Treze de Maio.

Se engana quem pensa que é música nativista. Pedro Ribas faz uma mistura de gêneros, traz o berimbau e até orixás em suas composições. “É difícil classificar um estilo. A maioria das pessoas me conhece como interprete cantando samba, música regional, em palco de festival, roda de capoeira. Esse CD é muito mais pessoal, tem um pouquinho de cada convivência”, explica o músico.

No CD e no palco Pedro é acompanhado pelos músicos Pirisca Grecco (bateria), Sandro Cartier (bateria), Émerson Sino Lopes (guitarra), Texo Cabral (flauta), Paulinho Goulart (acordeom), Duca Duarte (contrabaixo) além dos convidados Gisele Guimarães, Maninho Pinheiro, Erick Corrêa, Rafael Ovídio, Zelito Ramos, Nandico e Guiga Saldanha. Tudo produzido por Gadea produções.

Os ingressos custam R$40 (público geral), R$ 30,00 (antecipado), R$ 20 (idosos e estudantes).

http://www.pedroribascantor.com.br/           

Fan page 

Evento

Pedro Ribas durante gravação do CD. Foto divulgação.
Ao centro Pedro Ribas durante gravação do CD. Foto divulgação.

 

 

Vale contar…

Há mais de 20 anos ele toca em Santa Maria e região. Eu deveria ter uns 13 anos quando vi o show dele pela primeira vez no clube Bela Vista em Camobi. Anos depois ele chegou de cuia na redação do jornal em que estagiei. Aos músicos, eu sempre perguntava: Tem música própria? Ótimo, vamos publicar. E essa era a maneira que eu encontrava de incentivar a música autoral. O Pedro sempre trazia novidades até puxei dos meus arquivos duas matérias que fiz em que ele aparece. Chega a ser engraçado reler, “é horrível ter que ouvir “éguinha pocotó” disse ele lá em 2003, justo numa reportagem fiz sobre a dificuldade de se dar espaço ao que é autoral.  Em 2007, ele e o Pirisca Grecco toparam participar do meu curta Sempre às Quartas, que aliás fui uma tortura editar e ter que cortar cenas por problemas técnicos com o som ou de continuidade. As cenas em que eles aparecem ficaram nos extras e podem ser vistas aqui.

Depois de muitas andanças Brasil à fora volto a Santa Maria em 2016 e reencontro o Pedro num movimento que já me dá muita satisfação só por existir, o coletivo EntreAutores.  Sou da geração da internet discada, o que era novo tinha muita dificuldade de se mostrar e criar seu próprio público. Hoje tenho música autoral no celular, tablet, note e no meu cotidiano, só essa semana, pelo menos e quatro dias. Terça, EntreAutores, quarta Thiago Ramil, quinta Pedro Ribas, sexta Kariel Nunes. São outros tempos, ainda bem! Vida longa aos velhos, aos novos compositores e ao Pedro “Rimas” (apelido do Pedro Ribas) que faz lança hoje o primeiro de muitos CDs.

E como diz seu próprio site:

“Pedro Ribas é rimas, são versos na ladainha das rodas e dos rodeios dos campos.
Pedro Ribas traz melodia, nas trilhas das tropas, nos giros da perna, que alça ao pelego ou derruba na arraia.
Pedro Ribas é canto. Que encanta porque toca e emociona o coração.”

 

*
Melina Guterres

É jornalista e sócia-proprietária da REDE SINA e atua com consultoria em comunicação. É natural de Santa Maria-RS, cidade em que reside quando não está em viagem à trabalho. Como repórter já atuou como free lancer para veículos como Folha de São Paulo, Estadão e UOL e a revista Lícia (Salvador- Ba). Como roteirista mel1escreveu “Clandestinos” longa-metragem contemplado pelo argumento no Programa Ibermedia, sendo um dos 5 brasileiros que passou por uma seleção onde competiram mais de 35 países em 2009.  É roteirista de “Despertos”, série de ficção infanto-juvenil, projetos da HKauffmann do Rio de Janeiro e Panda Filmes de Porto Alegre-RS, respectivamente. Também escreveu e dirigiu os curtas  de ficção”Sempre às Quartas”, “Resquícios”, “Espelhos Paralelos” e documentário “Case, uma reabilitação é possível?”.

Foi Jurada no I Festival de Cinema Estudantil – CINEST em Santa Maria-RS. Trabalhou na produção de projetos das produtoras HK Kauffmann, Voglia, Vestígios, do Rio de Janeiro-RJ, Milimmetros de Santa Maria-RS. É blogueira, poetisa e apaixonada pela área cultural e social. Foi presidente da Liga Jovem de Combate ao Câncer (2003), onde era voluntária desde 1996. Em sua gestão, além de eventos, criou uma campanha de cadastramento de doadores de sangue/plaquetas para ajudar à crianças e adolescentes com leucemia em Santa Maria-RS. Foi uma das autoras do projeto “Cinema Comunitário”, contemplado no edital Novos Brasil/OI Futuro, (Rio de Janeiro-RJ) (2010).  Em 2013 junto com a jornalista Tatiana Py, realizou nas redes sociais campanha de doações de agasalhos e mais recentemente em 2015 de brinquedos para o natal (Santa Maria-RS).

Entre seus artigos publicados estão “Um Olhar Sobre o Cenário de Cinema-Vídeo de Santa Maria/RS – de 2002 A 2007” no livro“Estudos da Mídia da Produção ao Consumo” e poesia “ da UNIFRA e a poesia “A sorte de um final tranquilo” no livro “Juventudes: Outros Olhares sobre a diversidade” da UNESCO. Em 2014 criou e apresentou o programa de entrevistas DEIMPROVISO na Supernova Rádio Web.

Na área política, trabalhou com comunicação e marketing, fazendo gerenciamento de crise, campanhas para prefeito e deputado federal, consultoria a candidato a prefeito.

Nasceu no sul mas já morou na Bahia, Rio de Janeiro e Pará. Adora estradas, rodoviárias e aeroportos. Tem uma curiosidade nata e é apaixonada pelo ato de criar… Criou a REDE SINA em 2015 porque entendeu que seu papel no mundo é agregar, somar, compartilhar. Sua Sina é a palavra, é a comunicação, as pessoas, humanizar. 

 Confira a editoria das publicações assinadas por ela AQUI na REDE SINA. 

Por Melina Guterres da Rede Sina "Chora de rir quem tá feliz. Vim pra somar, com tribo ir" É o que diz a música Com Tribo Ir que está no CD Ladainha Campeira, o primeiro autoral do músico Pedro Ribas de Santa Maria-RS, que faz show de lançamento hoje, às 20h30, no…

User Rating: Be the first one !

Comenta aí... :)

comentários

Entre em contato (21) 99703-0077

Check Also

“Ain’t Got No / I Got Life”  de NINA SIMONE

Eu Não Tenho / Eu Tenho Vida Não tenho casa, não tenho sapatos Não tenho …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *